Tag

prevenção

Browsing

De volta à escola com adaptações

A volta às aulas aconteceu nesta semana com adaptações e prevenções.

Na última terça-feira (27), o Chico voltou ao Colégio Pio XII, claro de uma forma bem diferente. A escola adotou muitas normas para voltar aos poucos, com muita segurança e prevenção. Os pais puderam optar por levar seus filhos uma vez por semana e a turma foi dividida, cada parte em uma data, justamente para não ter muitas crianças na sala.

Fizemos uma experiência e o Chico fez uma aula apenas com a professora. Os pais não puderam entrar, os professores, educadores ou assistentes pegaram o aluno na entrada e levaram até a sala. O Chico entrou apenas com os óculos, a máscara de pano, a máscara shield (protetor acrílico) e a sua garrafinha de água.

Segundo o que a escola informou, tudo é higienizado, tem álcool em gel disponível em todos os cantos e o material fica dentro de um saco plástico. Todas as crianças têm um kit individual, que ficam na escola. Quando acaba o uso, é higienizado.

O Chico tem uma hora disponível com a professora, depois ele vai até a sala dele, dá um “oi” para os amigos e vai embora. A turma dele está indo uma vez na semana, de forma dividida. A ideia é que ele continue assim e uma vez por semana tenha um apoio pedagógico com outra profissional, a Dani, na sala pedagógica do Espaço Rede T21.

Depois, em uma conversa com a professora Daniela, ela disse que a aula foi muito boa. A qualidade e a atenção do Chico sem interferência externa é outra. A professora disse que rendeu bastante, quando ela percebeu que ele estava cansado já haviam passado quase 40 minutos de aula.

Então, eles pararam, deram uma volta no rancho para matar a saudade da escola e dos espaços. Embora o pedagógico seja importante, também foi levado em conta o desejo dele em ter contato coma área dos animais, com a horta e os espaços de lazer.

Na hora de ir embora ele encontrou a amiga Martinha, os dois deram as mães e acompanharam a professora. Ele estava sentindo falta do convívio com os amigos. Foi e voltou contente.

Coronavírus: como estamos nos prevenindo

Por aqui os cuidados já estavam sendo tomados, agora é hora de intensificar.

Há duas ou três semanas tenho praticado alguns hábitos em casa para garantir que as crianças mantenham a imunidade alta. Já nos alimentávamos bem, sempre comemos verduras, legumes e frutas. As atividades físicas também sempre fizeram parte das nossas rotinas, tanto a nossas, pais, como no dia a dia das crianças.

O nosso trio já consumia castanhas e introduzíamos na água cinco gotas de extrato de própolis sem álcool- pela manhã e à noite. Agora, estamos suplementando com zinco (biozinc) e potencializamos o consumo de vitamina C, dando suco de laranja pela manhã e também gotinhas de Cewim.

E, por recomendação da Dr. Patrícia Salmona – que é pediatra das crianças – eles tomam uma vez por semana o Oscillococcinum, um fitoterápico. Temos o costume de limpar bem o nariz de cada um deles, para as vias nasais estarem livres.

Usamos uma mistura de um vidrinho de soro com 4 ml de água rabelo, que é natural. Passamos antes deles saírem de casa e quando retornam. Outro ponto importante é pensar na hidratação. Nós incentivamos que ele tomem bastante água.

A higienização das mãos também é fundamental. Sempre mandamos um potinho de álcool em gel na mochila e na lancheira. Agora, mais do que nunca, é necessário. Toda a parte de assepsia também já estava sendo feita.

Na última semana, providenciamos a reserva da vacina da gripe em uma clínica do bairro que moramos, pois também há muitos casos de H1N1. Assim que chegarem, vamos vaciná-los. Então, é sempre importante lembrar: Imunidade alta é resultado de boa alimentação e bons hábitos!

Vamos nos cuidar!

Ilustração: Freepik (com adaptação e tradução)