A inclusão de pessoas com Síndrome de Down no mercado de trabalho é um direito garantido pela Constituição. Hoje estamos caminhando para uma fase melhor no país, porém a taxa de vagas abertas para pessoas com SD ainda é muito alta, dependendo do porte da empresa é necessário ter um cota de no mínimo 1% de funcionários com alguma deficiência.
Existe muita preocupação com a descriminação no ambiente de trabalho e isso causa receio em muitas pessoas em procurar uma oportunidade de trabalho em meio a comunidade social, isso pode causar vários outros problemas inclusive traumas por experiências negativas , por isso aconselhamos buscar ajuda com programas sociais que estão nessa causa para tornar isso uma experiência incrível. O Down é Up apoia o Bike Down é Up, um projeto social que muda a vida de vários jovens com a SD ajudando a ingressar no mercado de trabalho.O projeto conta com o apoio da APAE e do ateliê da Danielle Andrade, e todos os projetos realizados tem a renda revertida para o fundo social da Bike Down é Up.
Fora os projetos sociais hoje existem vários programas para realizar uma capacitação e em sequência a inclusão nesse mercado, o governo federal tem o programa “Viver sem Limites” com o objetivo de realizar essa capacitação no programa Nacional de Ensino Técnico, é uma opção muito bacana para aquirir um desenvolvimento tanto pessoal quanto profissional agregando informações novas e contato com outras pessoas que estão buscando a mesma coisa.

Juntos vamos buscar o ideal pela inclusão de todos!

Author

Comments are closed.