Então, este assunto super conhecido entre as mamães começou a ser discutido e entrar na nossa rotina. Como queremos compartilhar tudo com nossos leitores, vamos lá.

Chico completou 3 anos agora em fevereiro e conversamos com sua Terapeuta ocupacional e com a Diretoria pedagógica da escola dele para definimos quando começar o desfralde e como faríamos. A primeira definição foi iniciarmos em Marco, junto com os amigos da sua turminha. Data marcada, agora vamos as etapas e estratégias. Primeiro a TO aconselhou a não tirar a fralda totalmente e começarmos devagar e levarmos ele a cada 30 minutos no vaso e deixá-lo por cinco minutos. Comprado o assento redutor, iniciamos. Nos dois primeiros dias ele não aceitava sentar por nada e na escola também. Seguimos firmes até que com três dias de tentativas ele foi se acostumando. E no quarto dia, as primeiras fezes, que felicidade, nossa e dele, tchau, descarga e mãos lavadas seguem na sequência.
Quinto dia xixi no vazo, oba que alegria. Muita música do assunto, risadas e tentativas. Na segunda semana nada de xixi e fezes, mas Chico já começou e se conscientizar da fralda cheia e abordar a forma de troca-lo. Na escola a mesma coisa e nada de conseguir, mas a professora e a assistente seguem a rotina. Vamos entrar na terceira semana e agora vamos ser mais firmes e tentaremos tirar a fralda durante o dia.
Como mãe, percebi que em poucos dias ele se tornou muito consciente do processo e entende os comandos e a necessidade de ter a rotina no vaso sanitário, como a higiene é importante, ele fica feliz com esses processo.
Ele está sendo forte, capaz e não está sendo traumático para ele.  Ficamos felizes em dividir esses momentos com vocês.

Author

Comments are closed.