Tag

Aulas online

Browsing

Exercício de Grafomotricidade

Às vésperas do dia das mães, a Grafomotricidade trouxe uma linda surpresa

Olha que lindo!

Na semana do dias das mães eu ganho um presente deste. Amei!

Hoje o Chico estava na vídeo aula, com a mesma rotina da atividade individual e depois, às 13h, ele continuou com a turma toda. Na aula de edução física, a professora Bárbara trabalhou isso.

Ela propôs essa atividade de Grafomotricidade. Ela colocou uma música e enquanto ia tocando, as crianças treinavam a grafia e a parte motora. Ela ia variando entre a música num volume mais alto e depois foi variando para um volume mais baixo.

O que percebi é que foi um trabalho coletivo e eles iam seguindo os comandos da Professora. Como não sabia o que era, fui procurar. Encontrei uma explicação no site de uma clínica, a LUDENS.

Encontrei a seguinte explicação: a Grafomotricidade é o conjunto das funções motoras referente ao desenvolvimento da atividade gráfica, ou seja, é a soma de habilidades básicas para o desenvolvimento da pré-escrita e escrita.

Segundo o texto da clínica, a escrita é a atividade mais elaborada e complexa da função manual. Ela é tão importante que é quase indispensável para a aprender e ter um bom desempenho escolar.

Alguns componentes são fundamentais para o desenvolvimento da escrita e precisam ser observados, são eles:

Componentes Neuromotores os tônus musculares; arcos de movimento; força muscular; capacidade de estabilização proximal-distal.

Postura Correta manutenção da postura ereta na cadeira; adequação da carteira e cadeira escolar.

Retroalimentação Sensorial.

Desenvolvimento da Preensão e Destreza manual.

Coordenação Olho-mão ou Integração Viso motora – o controle motor ocular guia a visão ao objeto e a mão. Esse componente é necessário para o bom desempenho em atividades da vida diária como a alimentação, o vestir e despir, a higiene pessoal, em atividades recreativas de jogo e esporte e também no uso de ferramentas e materiais escolares como o lápis, borracha, apontador, tesoura etc.

Coordenação Bilateral – Cada uma de nossas mãos desenvolve habilidades motoras finas independentes, contudo, uma mão tem que coordenar-se com a outra para completar atividades básicas, como aplaudir, segurar um objeto com as duas mãos, pegar dois objetos, mover um contra o outro, agarrar no balanço, empurrar um carrinho, sustentar uma caixa enquanto tira e coloca objetos, fechar uma bolsa, escrever, abotoar/desabotoar, passar um fio por um orifício, cortar, teclar.

Geralmente, qualquer alteração no desempenho grafomotor da criança é notado pelos professores e a própria escola encaminha a um profissional que, neste caso, costuma ser um terapeuta ocupacional.

Depois de 40 dias na quarentena…

Mais uma semana em casa com as crianças, as adaptações escolares continuam. Tanto as aulas quanto as terapias estão sendo feitas online. Aos poucos todos estão se adaptando.

A quarentena tem sido de muitas surpresas por aqui. Nesta segunda-feira (27), o Chico começou o dia fazendo limpeza. Ele pediu e eu deixei.

Depois conseguimos fazer as atividades de Terapia Ocupacional com a Valéria. Ele também fez atividades de matemática com a professora Dani, do Pio XII.

Eram exercícios do livro. Lembrando que, o Chico tem entrado um pouco antes do restante da turma, pois faz primeiro as atividades com as adaptações e materiais.

Depois ele participa da abertura da aula com todos, vê os amigos e sai. Mais tarde ele volta para o encerramento. E assim, termina mais um dia de quarentena e estudos em casa.

Nova rotina de aulas online

Mais uma vez vindo falar dos dias em casa, nos cuidando e nos adaptando à rotina da quarentena. Nesta semana o trabalho pedagógico mudou o formato. Não é mais a aula do EAD fixa. Agora é via Zoom.

O colégio Pio XII mandou todo o material na última sexta-feira (10). Logo no começa da semana, na segunda-feira, os alunos começaram a fazer as aulas, como se fosse o horário normal da escola. Às 13h30 entram para participar das atividades pedagógicas com os professores.

Com o Chico fizemos uma adaptação. Às 12h45 ficamos online para falar com a professora individualmente, ela passa a rotina e faz uma atividade adaptada do contexto pedagógico. Ele participa do início da aula, que é a parte de reencontro, rotina de calendário e agenda e quando eles entram nas atividades gerais, nós saímos.

No final da aula, entramos novamente para ele participar do fechamento com a turma, às 15h. Depois de meia hora ele volta e faz uma atividade individual comigo e com a professora. Ele participa do coletivo, mas também do individual adaptado. É como se fosse a rotina do Colégio, mas no online.

A Paula, que é coordenadora do infantil, me ligou, conversamos e resolvemos seguir nesse modelo. A ideia é que ele participe do coletivo, não perca o vínculo, mas também faça o adaptado dentro do que ele precisa, que é trabalhar com imagens e sons. E está funcionando muito bem.

A escola não deve entrar em férias, então é provável que a gente continue com o ensino remoto. Aguardando a volta das aulas fisicamente. Mas estamos tentando deixar o mais próximo possível do que seria seguido no colégio.

Depois que deles participam das aulas pedagógicas, organizamos tudo para o lanchinho da tarde. No primeiro dia da rotina o Chico e a Antonia colocaram uniforme numa boa, mas a Maria Clara não quiser saber.


A única perda que estou tendo é não conseguir acompanhar 100% a rotina das meninas. Estou tentando estar com elas também para que façam a rotina pedagógica. Mas com elas é mais difícil, porque tenho que focar com o Chico nas atividades individuais.

Isso está me deixando bem chateada. Às vezes, coloco a babá para acompanhar as meninas, mas cada turma tem o seu zoom. Porém o foco ainda é no Chico.

O que tenho feito é trazer as meninas para acompanhar o Chico. Ele gosta dessa vivência com as irmãs. Eu tenho pensado também no individual das meninas. Então, o esforço nesta semana será esse, tentar participar das aulas com elas.

O que trago aqui são as partes boas e ruins. Nem sempre dá para conciliar tudo. E, por conta da necessidade, acabo dedicando mais tempo à rotina pedagógica do Chico. Vamos a cada dia tentando conciliar tudo!

Aulas de música online

Com o cenário de pandemia de Covid-19 todas as aulas presenciais foram canceladas na Intermezzo, desde a última terça-feira (17). Rapidamente a escola se organizou e montou um plano de aulas online. Tiveram que se adaptar rapidamente à quarentena e os professores passaram a marcar horários com os alunos.

Na última sexta-feira (20), começamos a testar. O Chico e a Maria Clara têm aulas com o professor Rodolfo, já a Maria Antonia tem aula de iniciação musical, com a professora Mel.

Na primeira experiência, o professor Rodolfo mostrou alguns objetos, alguns animais, cantou e tocou piano. A Antonia participou do começo, mas ela e a Maria Clara não quiseram ficar. Até a “Fazendinha” do Mundo Bita cantaram juntos.

O Chico até participou mais, estava mais empolgado, cantou um pouco, acompanhando o professor no primeiro momento, mas só conseguiu ficar concentrado por 20 minutos. Acontece, né?

Ontem (segunda-feira), o professor mandou alguns vídeos para tentarmos trabalhar com eles. Estamos tentando. A Intermezzo está mandando vídeos para eles não ficarem sem contato com a música e o professores estão abrindo seus horários para aulas marcadas.

A nossa primeira experiência não durou muito tempo. Estamos nos adaptando e tentando manter uma rotina, o que é mais importante para eles não perderem o ritmo do dia a dia. Nos próximos dias volto para contar se evoluímos!