Category

DICAS DO CHICO

Category

Jurassic Safari Experience: Um passeio adaptado ao cenário de pandemia

Há pouco tempo ficamos sabendo dessa nova experiência que chegou a São Paulo agora em outubro. Fomos no sábado, chegamos meia hora antes e ficamos muito satisfeitos com o formato. Nós compramos o ingresso e cada carro poderia ter quatro pessoas, mas aceitaram que a Maria Antonia fosse e ficasse no colo. O número de pessoas é uma prevenção por causa da pandemia.

Na entrada, estavam aferindo a temperatura de cada um, eles se dirigiram a cada carro. Logo que chegamos já avisamos que éramos uma família preferencial, por conta da deficiência do Chico e pela questão da visibilidade. Eles se comunicaram via rádio e nos responderam em seguida. Nos deixaram na primeira fileira, bem posicionados, em frente ao palco.

Foi muito interessante porque ninguém tinha autorização para sair do carro. Só para ir aos banheiros químicos. Todos estavam e permaneceram de máscara. A qualidade do som ainda pode ser melhorada, mas a apresentação foi muito bacana. O Chico adora dinossauros.

Na escola, eles estudam os animais, então foi uma interação muito grande. Tinha um “domador de dinossauros”, que era uma pessoa com roupa no estilo safari, aquelas em tom verde. E, enquanto os dinossauros passavam entre os carros interagindo, esse funcionário acompanhava.

As janelas ficaram abertas, mas com distanciamento entre os carros. O dia estava ensolarado e aproveitamos bastante. As crianças se divertiram. Falamos das espécies dos dinossauros, levamos pipoca de casa e comemos dentro do carro. Também levamos água e suco. Foi um sábado de muita diversão.


Ainda teve o link com o aprendizado da escola. O Chico adora, imita os barulhos, se diverte. Tinha um amiguinho no carro do lado que gritava:

– “Tia, esse aqui é ‘tal’ dinossauro”.

E a mãe comentou que ele também ama dinossauros.


Foi um passeio bacana, com interação, mesmo sem sair do carro, com a segurança necessária em tempo de pandemia. Estamos começando a conseguir voltar a conviver diante deste cenário, e de forma segura.

O espetáculo

Produzido pela Chaim Entretenimento, Jurassic Safari Experience acontece no Parque Burle Marx, é uma opção de passeio para toda a família. Como aparece na própria descrição do site mistura interatividade, diversão e ciência em um ambiente lúdico e recheado de conhecimento, experiência e aventura. Tudo isso acontece como em um safari de verdade, sem a necessidade de sair do carro.

O parque ajuda a dar a sensação de estar em um Safari, pois tem grandes árvores e os participantes percorrerem em seus carros um caminho repleto de réplicas de dinossauros em tamanho real e recebem informações educativas sobre esses animais.

Ao final da via, os veículos são direcionados a uma arena para o início do show, que conta a história de um grupo de cientistas que recriou dinossauros de diversos períodos a partir do DNA de fósseis. Dinossauros que agora vivem, ali, dentro do parque.

O restante fica por conta do show. São mais de 50 répteis pré-históricos animados por técnicas de manipulação e animatronic, incluindo um T-Rex de mais de 20mts de altura, que correm ao redor dos carros. O melhor, lá no site eles informa que todo o conteúdo da experiência tem supervisão de um paleontólogo para que a ficção e a educação desempenhem uma sinergia.

Serviço

Av. Dona Helena Pereira de Moraes, 200
Vila Andrade São Paulo, SP.

DURAÇÃO – 55min

Oficialmente de férias!

Julho é mês de férias no PioXII, agora começa a procura por atividades para as crianças. Nessa busca, descobri que a reserva mini está com um conteúdo muito bacana para os pequenos, a proposta é passar com mais leveza esse período de pandemia.

Eles disponibilizaram os monstrinhos do Bestseller “Tenho Monstros na Barriga”, da autora Tonia Casarin, para baixar e colorir. Aqui em casa imprimi e fizemos uma verdadeira atividade. Eles usaram a imaginação e pintaram os desenhos com a tinta guache.

Além da diversão, tem a parte lúdica que potencializa o desenvolvimento, para a síndrome de Down esses estímulos são fundamentais. Para as todas as crianças essas atividades são enriquecedoras. O Chico e as irmãs adoraram.

Em cada folha há o desenho de um monstrinho dos sentimentos para colorir. Junto vem uma palavra que representa um sentimento. O Chico pegou alegria e a Maria Clara, coragem. A Maria Antonia escolheu um modelo só com desenhos. Depois, só botamos para secar e estavam prontos para decorar alguma parte da brinquedoteca. Risos.

Mesa didática escolar

Uma mesa regulável que fica na altura ideal para a criança

Na última semana chegou uma compra tão esperada! Adquirimos uma mesa nova para o Chico. É um modelo didático escolar, regulável, com adaptação que vira quadro para desenhar. A que escolhemos é a Ideer Life Ergonômica. Ela é maravilhosa! Valeu o investimento!


É regulável, a cadeira sobe e o tampo também, o que é importante. Por causa da hipotonia ele desce muito o pescoço. Assim que chegou ele quis sentar, experimentar e amou!

Assim que chegou, já botei na sala para o Chico fazer os estudos dele. Ah, a Maria Clara também está usando. A caçula, Maria Antonia, ainda não porque é pequena.

Na hora dos estudos o Chico pode subir a cadeira para adequar a postura, tem o suporte para o iPad. Ah, também tem o porta caneta, uma gaveta que serve como estojo. Detalhe, ele ligou para a professora e contou sobre a mesa nova. Risos.

A mesa também tem apoio para o pé. A postura fica correta tanto ao sentar quanto na altura para ele olhar a tela. Eu comprei na Americanas.com. Não é propaganda, não estou recebendo nada. Risos. É que foi o lugar onde achei. A entrega foi bem rápida, uma semana.

Aqui no detalhe tem essa tabela, como se fosse uma fita métrica. É uma régua de ajuste. De acordo com a altura da criança, a mesa deve ficar posicionada em uma determinada altura.

Os cantos são arredondados, tem a questão da ergometria, onde o posicionamento do corpo durante a atividade é fundamental. A mesa foi feita para que a criança sente de forma correta.


Outro ponto importante é o respeito a individualidade da criança ao estudar. Aquele é um momento único. É importante ter um espaço adequado, confortável e que a criança possa ter a sua independência e organização própria. Aqui todo mundo gostou. Teve total aprovação!

Um Mistério no Teatro D.P.A. – A Peça

Para quem tem filho pequeno provavelmente já deve ter ouvido falar em D.P.A (Os Detetives do Prédio Azul), um programa de TV do canal Gloob. A série apresenta três amigos inseparáveis que moram no mesmo edifício, e que juntos formam o grupo.

O líder é Tom, um garoto que adora ler e sonha em ser músico de uma banda de rock. Na trama, Tom não pode comer doce, nem tomar leite por causa da sua mãe Rafaela, uma jovem alternativa que parece viver em outro mundo. Mila é a única menina do trio, ela torce para que o seu pai namore Rafaela. E para completar, Capim que deseja ser escritor para escrever as aventuras dos detetives do prédio azul.

O único obstáculo do D.P.A. é Dona Leocádia, a síndica do prédio que está sempre implicando com a garotada e faz de tudo para acabar com as suas brincadeiras.

Após 12 temporadas de sucesso na TV e de dois filmes lançados, que levaram 2,5 milhões de espectadores ao cinema, a turma chegou pela primeira vez aos palcos. Bento (Anderson Lima), Sol (Letícia Braga) e Pippo (Pedro Henriques Motta) vivem, no palco, mais uma história cheia de aventuras.

No último domingo (8), levamos as crianças para assistirem à peça. Elas adoraram. O Chico conseguiu uma pulseira vip e nós fomos tirar fotos e abraçar os atores que interpretam os personagens divertidos. Eles foram muito simpáticos e carinhosos, uns fofos. Com certeza é um espetáculo para toda a família!

A peça está em cartaz no Teatro Procopio Ferreira – Rua Augusta, 2823, São Paulo – São Paulo, até o dia 22 de Março, de sábado e domingo, às 14h00 e 16h00.

Visita das crianças ao zoológico

Na última quinta-feira fomos ao zoológico de São Paulo com as crianças e os amiguinhos. Eu já havia visitado quando o Chico era bem pequeno. Agora voltei para trazer a turma toda. Achei tudo muito limpinho e organizado. É importante destacar que, passamos por um guichê preferencial, o Chico não pagou e eu paguei meia entrada por ser acompanhante. Os funcionários foram muito atenciosos.

No site tem a observação com o texto da Lei que diz: Para ter o benefício, é necessário a apresentação, no momento da compra do ingresso, do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social ou laudo de avaliação médica que ateste a deficiência, ambos acompanhados de documento de identificação com foto. Consideram-se pessoas com deficiência aquelas portadoras de deficiência física, visual, auditiva, mental ou múltipla, conforme definições contidas no artigo 4º do Decreto nº 3.298/1999.

Na hora não fizeram exigências para comprovar a Síndrome de Down, a funcionária viu que ele tem a T21 e logo nos orientou. Não pediram carteirinhas ou qualquer outro comprovante. Não tive problemas como já tive em outros lugares. 

O espaço é bem grande e arborizado, é um passeio que dura o dia todo, são quase 4 km de alamedas. Nós não fizemos ele completo, ficamos só até a hora do almoço porque as crianças já estavam bem cansadas. Tem muita sombra, então dá para fugir um pouco do sol quente – durante esses dias tem feito muito calor em São Paulo.

Tinha bastante gente, o que é normal em período de férias, mas nada que tenha tirado o conforto do passeio. São mais de 250 espécies. Vimos os macacos, os rinocerontes, o tamanduá, o leão, o tigre, a girafa, a zebra, as aves e outros diversos animais. O local é acessível, tem rampas, banheiros adaptados. Inclusive me chamou atenção a diversidade. Haviam muitas pessoas com diversas deficiências. 

Chegou a um ponto do passeio que a Antonia virou e falou: 

-Não mamãe, esse não é o tigre, o tigre é laranja. 

Então, eu virei e expliquei:

-Esse é o tigre branco. E demos risada!

O mais bacana é ver as reações das crianças. Elas para, olham, ficam um tempo observando e depois vêm os comentários e pérolas, muito engraçados. Imagino que passam mil coisas na cabeça de cada um, soltam a imaginação. No nosso caso todo esse sentimento foi compartilhado com os amiguinhos, eles terão muitas memórias em comum e histórias para contar.

Achamos esse passeio uma ótima opção para aproveitar um dia das férias escolares, nessa vida corrida que vivemos, é importante reservar um tempo para passeios que tenham maior contato com a natureza. Os diversos animais, as fotos, o passeio, a companha dos amigos, tudo isso combinou para tornar o passeio muito prazeroso. 

Quer aproveitar e levar as crianças?

O Zoológico de São Paulo funciona todos os dias da semana ( de segunda-feira a domingo), inclusive feriados e emendas. Horário: das 9h às 17h

Fechamento da bilheteria: 16h30min

Você também pode agendar uma visita monitora com roteiros distintos, adequados à faixa etária da turma que irá com você.  

Endereço: Av. Miguel Estéfano, 4241 – Água Funda, São Paulo/SP.

Preços

  • Adultos ou crianças acima de 12 anos – R$ 45,00
  • Crianças de 6 à 12 anos – R$ 20,00
  • Crianças até 5 anos – Gratuito
  • Pessoas com deficiências – Gratuito
  • Acompanhante (se necessário) de Pessoa com Deficiência – R$ 20,00
  • Idosos (a partir de 60 anos) e estudantes portando documento de identificação estudantil vigente – R$ 20,00
  • Professores, Diretores, Coordenadores Pedagógicos, Supervisores e Titulares de Cargos do Quadro de Apoio das Escolas das Redes Públicas Estadual e
  • Municipais de Ensino, portando Carteira Funcional emitida pela Secretaria da Educação, ou pela apresentação do holerite do Servidor – R$ 20,00
  • Lá no site www.zoologico.com.br tem mais informações sobre os animais, sobre as visitas, agendamentos e etc.

Curtindo a praia no feriado prolongado

Aproveitamos que na última quinta-feira (20) foi feriado de Corpo Christi e fomos passear com as crianças. Nossas aventuras foram na praia de Juqueí (ou Juquehy, como escreviam antigamente), localizada entre a Barra do Una e a Praia Preta, com 47 quilômetros de distância do centro de São Sebastião e 150 de São Paulo. Ficamos por lá durante esses dias de emenda.

Para quem vai com as crianças o canto esquerdo da praia é melhor, pois o mar é mais calmo. O lado direito tem mais ondas e pessoas praticando esportes. A praia tem cerca de 3km e meio de extensão. A areia é fina e clara, já o mar é lindo, de águas transparentes.

É uma ótima praia para ir com a família, inclusive idosos. A região tem muita infraestrutura, com muitos hotéis, pousadas, comércio, bares, quiosques e vendedores ambulantes. Também tem farmácia, padaria e banco perto, você consegue resolver tudo sem grandes deslocamentos.

E nada é melhor do que estar com a família. As crianças adoram curtir a natureza e brincar ao ar livre, ver elas se divertindo é demais. E quando essa diversão é com segurança, é melhor ainda. Uma boa dica é a Monitoria na Praia, nós ficamos em frente ao condomínio Raízes de Juquehy e lá tinha uma profissional incrível que fez atividades de recreação com as crianças. O Chico e as irmãs, Maria Clara e Maria Antonia, participaram e adoraram.

O Chicão literaturalmente entrou no clima da região da praia, que é bem tranquila, mesmo no feriado. Ele relaxou, descansou, aproveitou o gramado e deu muitos abraços, como ele sempre gosta de dar. Foi só amor!

Contato com a natureza, muita diversão e passeio com os amigos

No último final de semana, dias 25 e 26 de maio, as crianças fizeram um passeio cheio de atrações e experiências incríveis. As aventuras começaram em Atibaia, cidade do interior de São Paulo. Fomos aos Bourbon Resort, um lugar com muitas atividades para os filhos e também para os pais. Os amigos das crianças que estudam no PIO XII também estavam lá.

A criançada ficou com os monitores e juntos fizeram várias atividades disponíveis no local. Assistiram um show incrível de mágica e ficaram encantadas. Também teve o show dos palácios, que garantiram a risada da garotada e o contato com a natureza, que foi um dos pontos mais importantes. Pois os pequenos ficaram longe de Ipad e qualquer outro aparelho eletrônico.

O Chico e as irmãs, Maria Clara e Maria Antônia, tiveram contato com a grama, com atividades ao ar livre e brincadeiras que usam apenas a imaginação. Eles conheceram a horta e aprenderam de onde vem os alimentos que comem. Isso é muito importante para estimular uma alimentação mais saudável. A participação nesse processo e o fato de ter contato com o alimento desperta, nas crianças, maior interesse na hora de comer.

No domingo teve aniversário do João, amigo do Chico. A festa foi em um parque de aventura que fica no Morumbi Town, o Urban Motion. Lá, o Chicão encontrou vários amigos que estudaram com ele na Escola Apice. Eles estavam morrendo de saudades uns dos outros. As crianças brincaram muito. O Chico desafiou o elástico, foi no pula-pula e em outras diversas atrações. Diversão não faltou.

Um final de semana de Kidzania, caça aos ovos e mini fazenda Pet Zoo

O nosso final de semana foi bem agitado, fizemos dois passeios legais. Fica a dica, vale a pena ir. No sábado (20), fomos com as crianças à Kidzania, uma cidade de edutenimento, que junta o contexto educativo e a diversão. É uma mini cidade que simula as mais variadas profissões. Ao entrar, a criança vai ao ‘banco’ e troca seu ‘cheque’ por ‘kidzos’- o dinheiro da Kidzania.

Em cada profissão, a criança paga ou recebe um valor em kidzos. E crianças com deficiência têm prioridade na fila, junto a um amigo ou responsável, caso seja necessário algum auxílio durante o ciclo da atividade. Nas portas de todas as atividades ficam as informações sobre idade, duração, horário para começar o próximo ciclo e o valor em kidzos a dar ou receber.

Por termos ido no sábado, o parque estava cheio e o Chico conseguiu ir em quatro atrações. Ele foi bombeiro e fez a simulação de combate ao incêndio do hotel, teve até jato d’água. Foi frentista, onde abasteceu e fez a limpeza externa do carro. Fez pizza, abriu a massa com o rolo e tudo. E também foi socorrista, até escutou as batidas do coração da paciente com o estetoscópio. Foi muito legal ver a independência dele ao fazer cada atividade e ao mesmo tempo acompanhar a irmã do meio e os amigos.

Mais tarde, fomos para casa e fizemos a caça aos ovos de Páscoa. Montamos um caminho com pegadas de coelho por todo o condomínio e incentivamos as crianças a saírem procurando. Foi diversão garantida e ajudamos a estimular a imaginação delas.

No domingo, fomos à mini fazenda Pet Zoo. O Chico teve a companhia das irmãs e do amigo, o Theo. Lá, é um lugar incrível para as crianças terem contato com o animais. O Chico, que sempre demonstrou ter medo de bichos, se soltou e ficou livre. Por vontade própria entrou no galinheiro junto com a irmã do meio, a Maria Clara, deu milho para as galinhas, chegou perto e conversou com os patos.

A Maria Clara se mostrou muito corajosa. Deu milho para as galinhas, alimentou os cavalos, os porcos, os patos, os burros e ainda fez carinho no coelhinho. A Maria Antônia, mesmo sendo menor, estava muito à vontade no local por ser de área livre e de bastante contato com a natureza. O clima também contribuiu.

Lá mesmo almoçamos. As crianças ainda participaram de uma oficina de Ovos de Páscoa. Imagina como aproveitaram! Foram ótimas experiências, valeu a visita em cada lugar.

Primeiro evento da nossa instituição em parceria com o restaurante Yoshi Izakaya

No dia 23/03 aconteceu o nosso primeiro evento da ONG Down é UP. O restaurante YOSHI IZAKAYA foi responsável pelo menu escolhido e parte da renda foi doada para a nossa associação. A grande movimentação aconteceu por volta do meio dia, muitas famílias envolvidas e a alegria estava presente.

Pais e amigos do Chico estavam muito felizes por ajudar e nós ainda mais.

Até a Joana (Clarinha da novela páginas da vida) compareceu e foi um grande sucesso! Amamos.

Obrigada à todos que nos prestigiaram, durante o ano teremos muitas novidades.

Bloquinho para Criançada

O carnaval oficialmente já acabou, mas a festa ainda continua esse final de semana. E se você ainda não conseguiu levar o seus pequenos para aproveitar a folia ou se quer aproveitar ainda mais, separamos alguns bloquinhos infantis que vão estar nas ruas de São Paulo esse final de semana para a despedida do carnaval, então já separa a fantasia da criançada e se prepara para brincar muito!

Bloquinho na Praça

Vai desfilar dia 10/03, na Praça Rosa Alves da Silva, Vila Mariana, das 9:00 ás 14:00hrs.

A atração conta com oficina de criação de instrumentos, maquiagem e pinturas. Os já bonecos grandes e peralta, representando o folclore brasileiro, estarão presentes para brincar com a criançada.

Para animar essa farra músicas de Tim Maia e Alceu Valença, passando pela Rita Lee, e terminando com o Sítio do Pica Pau Amarelo, de Gilberto Gil.

Bloquinho Fraldinha Molhada

Também é mais uma opção para aproveitar o domingo com a família (10/03), Rua: Professor João de Oliveira Torres, a partir das 14:00hrs. As atrações serão as oficinas com pintura facial, oficinas de slime, banda com marchinhas de carnaval e personagens ao vivo. 

Bloco de brincar ErèTantã 

Será dia 09/03 na praça Elis Regina e invadindo as ruas do butantã, a partir das 13hrs. A idéia do bloco é  brincar com os elementos do folclore brasileiro, celebrando a natureza. O bloco convidou seres mágicos como uma das atrações.

Bloco Charanguinha do França 

Leva sua alegria para as ruas de Centro no dia 09 de março, a partir das 9h, horário muito favorável para o passeio com bebês.

O bloquinho sai da Rua Major Sertório e percorre as ruas Dr. Cesário Mota Júnior, General Jardim e Dr. Vila Nova. São esperadas de 500 a 2 mil pessoas.

Uma dica muito importante é ter atenção redobrada nos pequenos, leve sempre muita água para hidratar, pode abusar no protetor solar e lanchinhos saudáveis são muito bem-vindos. Roupas confortáveis e sapatinhos fechados de preferência para que nada machuque os pezinhos dos animados e pequenos foliões. Criatividade na fantasia que pode complementar a dos papais. 

Para ajudar aqui vai uma receitinha rápida e pratica para levar de lanchinho leve e super saboroso para a folia:

Ingredientes para o recheio:

1/2 peito de frango cozido e desfiado (temperado)

1 colher (sopa) de maionese light 

2 colheres (sopa) de azeitonas verdes picadas

1 colher (sopa) de salsinha

2 colheres (sopa) de cenoura ralada

1 colher (sopa) de cebola picada

2 colheres (sopa) de tomate picado


Ingredientes para a Montagem
6 fatias de pão Integral

3 colheres de ricota

6 folhas de alface

6 rodelas de tomate


Modo de preparo do recheio:
Misture todos os ingredientes até ficar homogêneo. 
Montagem do Sanduíche 
Em 3 fatias de pão, espalhe o requeijão (ou substitua por maionese light), distribua as folhas de alface e as rodelas de tomate e acomode o recheio e coloque a outra fatia do pão por cima. 
Enrole no papel filme e está pronto para a folia, procure levar uma bolsa térmica pequena para manter a temperatura da água e o sanduíche ficar fresquinho. 
Curta muito os últimos dias de festa, tire muitas fotos e marque nosso ig @downeup, queremos compartilhar a festa com vocês.